Contratações, concurso público e hospital foram temas da reunião de secretariados

Na manhã de segunda-feira, dia 10 de setembro, o prefeito teve sua primeira reunião com o secretariado neste mês de setembro. Frederico Arcari Becker iniciou falando que apesar das turbulências políticas e econômicas enfrentadas pelo município e em todo o país, a administração municipal bom-jesuense tem conseguido manter o foco e “estamos dando prosseguimento às ações e executando boas políticas públicas para toda a comunidade”.

Um assunto bastante debatido foi quanto à dispensa dos contratados em atendimento à demanda judicial. Segundo o prefeito, a liminar impediu a renovação e/ou contratações emergenciais o que ocasionou desemprego para dezenas de pessoas. Depois, com a argumentação da defesa, o município teve resultado positivo com o “agravo” que adequou a decisão do juiz ao demandado pelo Ministério Público, mas tal decisão não deixa claro como o município deve proceder, pois as rescisões foram efetivadas e para retorná-las precisaria de nova lei que iria de encontro à decisão. “Não podemos contratar ou renovar os emergenciais sob pena de sermos responsabilizados novamente e isto ocasionaria mais desgastes ainda”, enfatizou Frederico.

Por outro lado, o secretário Geral de Gestão, Avelino Costa da Silva, ressaltou que o processo para realização de concurso público já está em pleno andamento. Ele informou que já foi definida a empresa para executar e muito em breve será publicado edital. Importante destacar que as etapas serão todas tornadas públicas, utilizando as rádios locais e as mídias oficiais. Os interessados devem estar atentos ao site da Prefeitura Municipal de Bom Jesus. Conforme calendário prévio, a realização das provas está estimada para o dia 2 de dezembro e as contratações provavelmente a partir de fevereiro de 2019.

Outro tema da reunião foi a situação do hospital local. “Pra mim é prioridade,  temos que manter nosso hospital em funcionamento”, frisou Frederico. O prefeito citou que já está na Câmara de Vereadores um projeto de lei elaborado pelo Executivo com o intuito de criar uma nova Fundação para manter o hospital, tendo em vista que a que existia anteriormente não apresenta condições e o hospital já está sob intervenção também porque a empresa contratada não deu conta. O secretário de Governo, Volmar Arcari Ferreira, a entidade proposta será uma Fundação estatal regida pelo direito privado, ou seja, com os funcionários contratados pela CLT. Também lembraram das dificuldades enfrentadas pelo município e que o Governo do Estado ainda mantém uma dívida de mais de R$ 800 mil para com a saúde de Bom Jesus, o mesmo que ocorre com outras prefeituras do Estado.

Para finalizar a reunião, o prefeito explanou sobre sua participação em evento municipalista na cidade de Punta del Este, no Uruguai, onde esteve na semana passada. Frederico citou alguns temas tratados, destacando que as dificuldades e demandas dos municípios de países diferentes são semelhantes e parecidas com as nossas. O desenvolvimento pleno das comunidades, com força e valorização do municipalismo foi a tônica do evento. O prefeito enfatizou que para esta viagem não gerou ônus para os cofres públicos, pois as despesas foram cobertas por conta própria, nem mesmo tendo tirado diárias para tal participação.

Nova reunião do secretariado já ficou agendada para a manhã de sexta-feira, dia 14 de setembro, a partir das 8h30min.

Fonte: Assessoria de Comunicação